A literatura fluminense na XVI Bienal do Livro

Nitpress na Bienal


A Editora Nitpress leva mais uma vez para a Bienal do Livro do Rio de Janeiro o seu catálogo baseado na literatura fluminense e em história política brasileira contemporânea. Mais uma vez, o selo está integrado ao espaço Letras de Niterói, que este ano ocupará o estande nº 11 da Rua R do Pavilhão Verde do Riocentro, entre a Av. Stanislaw Ponte Preta e a Praça de Alimentação.
Entre os novos talentos da literatura fluminense, destaque para o romancista estreante Hugo Rodrigues, que lança no Rio o livro “Um sorriso de oito graus na escala Richter”, sexta-feira, dia 30, às 18h. No sábado, dia 31, o professor Aloysio Castelo de Carvalho, autor dos livros “A Rede da Democracia – O Globo, O Jornal e o Jornal do Brasil na queda do Governo Goulart” e “O caso Última Hora e o cerco da imprensa ao Governo Vargas”, também lançado este ano, fala sobre as origens do golpe de 64, que completará 50 anos em 2014.
No domingo, 1º de setembro, às 13h, a Nitpress promove um tributo a Edmo Rodrigues Lutterbach, que presidiu por mais de 30 anos a Academia Fluminense de Letras e este ano está sendo homenageado pelas editoras niteroienses, emprestando seu nome à praça de eventos do espaço Letras de Niterói. Haverá um recital de poesias e o lançamento do livro “Painel da saudade em louvor a Edmo Rodrigues Lutterbach”, ambos organizados por Neide Barros Rego.
No sábado, 7 de setembro, o escritor e policial federal Sandro Araújo, autor de “Anjo da Noite” e “Federal – uma história de polícia”, participa de um bate-papo com leitores sobre histórias policiais, às 13h. No domingo, dia 8, a produção literária do interior do Estado do Rio estará representada pelos autores Fabiana Corrêa (“Era uma vez, Euclydes…” e “História de um cambucazinho”) e Rick Azevedo, que estará lançando o seu livro “Vila de São Isidro Lavrador”, às 12h.
Fechando a participação da editora no evento, o professor Jorge Felipe Columá apresenta, na praça de eventos do espaço Letras de Niterói, uma roda de capoeira, às 16h, marcando o relançamento do seu livro “Arte, magia e malandragem – o imaginário cantado nas rodas de capoeiras”.
Clique no mapa abaixo para ver ampliada a localização do espaço Letras de Niterói na Bienal:
mapa

Editoras de Niterói são capa de revista

O editor da Nitpress, Luiz A. Erthal, em destaque na matéria


Pimentel é destacado no final da matéria


Capa da revista


Matéria de capa da revista O Flu, que circulou junto com a edição de 18 de setembro do jornal O Fluminense, mostrou o vigor do mercado editorial de Niterói, destacando a participação de seis editoras da cidade na última Bienal do Livro. A atuação da Nitpress é comentada com destaque na matéria, que classifica a editora como a responsável, hoje, pela publicação da produção literária fluminense.
Leia também uma análise sobre a feira feita pelo publisher da Nitpress, Luiz Augusto Erthal, no artigo “Reflexões da Bienal”, publicada no blog Toda Palavra.