Projeto “Encontros com a literatura fluminense” revisita Euclydes da Cunha em Cantagalo

[photopress:capa_a_eternidade_de_euclides_da_cunha.jpg,full,pp_image]
O projeto “Encontros com a literatura fluminense” sobe a serra neste sábado, dia 13, para realizar a sua terceira edição na cidade de Cantagalo, terra natal de Euclydes da Cunha, apontado como o autor da maior obra da literatura brasileira – Os sertões. O evento, promovido pela editora Nitpress, com o apoio do jornal O Fluminense, tem como objetivo promover o encontro dos escritores com o público em todas as regiões do Estado do Rio e reafirmar a identidade regional a partir da difusão da literatura fluminense.
Mais uma vez, uma caravana de escritores, membros das principais instituições acadêmicas estaduais, como a Academia Fluminense de Letras, o Cenáculo Fluminense de História e Letras e a Academia Niteroiense de Letras, partirá de Niterói para unir-se, nesta edição, a um evento organizado pela Prefeitura de Cantagalo, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, e pelo projeto “100 anos sem Euclides”, denominado “Caminho Cultural Euclidiano. Euclides vive! Viva Cantagalo!”.
Iniciado na última segunda-feira, o evento vem promovendo, ao longo de toda a semana, uma série de atividades, como palestras e exibições de filmes de temática euclidiana. Nesta sexta-feira começa o ciclo de debates e oficinas pedagógicas “Conversa com educadores: Euclides da Cunha na sala de aula”, promovido pela UERJ e pela UFRJ na Casa de Euclides da Cunha, terminando no sábado, junto com o encerramento da programação oficial, de responsabilidade da Prefeitura de Cantagalo.
O projeto “Encontros com a literatura fluminense” se acopla ao evento cantagalense no sábado. Logo pela manhã haverá relançamento de livros de temática euclidiana com o selo da Nitpress, como A eternidade de Euclydes da Cunha, do presidente da Academia Fluminense de Letras, Edmo Lutterbach, e Era uva vez, Euclydes…, uma apresentação inédita do grande escritor para o público infantil, de autoria de Fabiana Figueira Corrêa. À noite, o Grupo Nuance, sob a coordenação de Neide Barros Rego, fará um recital de poesias de Euclydes da Cunha e no domingo, pela manhã, os escritores terão um contato direto com o público na Praça João XXIII.
Nas duas edições anteriores, o projeto “Encontros com a literatura fluminense” visitou, com sua caravana de escritores, as cidades de Casimiro de Abreu e Rio Bonito, onde também foram homenageados Casimiro de Abreu e B. Lopes, ilustres filhos dos dois municípios, respectivamente.

Publicado em Identidade Fluminense, Sem Categoria por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

A valorização da literatura fluminense é o nosso maior compromisso. Seja no resgate dos escritores clássicos, responsáveis por um papel preponderante na formação literária brasileira, seja na divulgação dos autores contemporâneos, a Nitpress apresenta em seus livros a riqueza imortalizada pelos grandes nomes das letras fluminenses.

Deixe uma resposta