Viagem pelos caminhos da literatura fluminense

photopress:convite_1_2.jpg,full,vazio][photopress:convite_1_2_3_4.jpg,full,pp_image]
A Editora Nitpress lança neste sábado, dia 28 de agosto, das 10 às 13h, no Calçadão da Cultura – Livraria Ideal (Rua Visconde de Itaboraí, 222, Centro, Niterói), o livro Viagem literária através do Estado do Rio, de Luiz Antonio Barros. Trata-se de uma antologia pioneira, focalizando apenas escritores fluminenses de todas as regiões do estado, cuja essência procurei exprimir no texto da orelha, que reproduzo a seguir:

Quem trafega pelas estradas fluminenses tem a oportunidade de apreciar um rico mosaico de paisagens formado pela diversidade geográfica do Estado do Rio. O conjunto de microrregiões bastante distintas produz um contraste de efeitos panorâmicos e climáticos, separados apenas por alguns poucos quilômetros de percurso. Praias quentes de um lado, montanhas frígidas de outro; planícies ao Norte, píncaros ao Sul; areais e brejos; lagos e rios; ilhas e baías; florestas tropicais, plantações e gados coexistindo em harmonia.

A mesma síntese imposta à geografia também predomina no panorama cultural do estado. Aqui prosperaram todas as correntes literárias, com volume e intensidade incomparavelmente superiores a quaisquer outras regiões do país. Em seu livro Formação literária brasileira – momentos decisivos, o crítico Antônio Cândido relaciona os nomes mais relevantes no processo de construção de uma identidade literária nacional, que se deu basicamente entre o período Barroco e o Romantismo. De todos os escritores citados na alentada obra, mais de 30% eram filhos da Velha Província; outro tanto, nascidos na cidade do Rio de Janeiro. Ou seja, a região fluminense respondia por mais de 60% dos maiores nomes da literatura brasileira àquela época.

As safras seguintes se mantiveram fiéis, em corpo, aroma e paladar, às primeiras gerações. E todas elas ainda são degustadas hoje, com o benefício dos carvalhos do tempo, sem sofrerem a condenação do esquecimento reservada aos medíocres.

As cepas literárias fluminenses incorporaram às suas características as qualidades da terra e se encontram bem distribuídas por todo o estado. O Romantismo nasceu no Rio, na antiga Corte, nos versos de Gonçalves de Magalhães, mas introduziu a prosa em Cabo Frio, com Teixeira e Sousa, autor do primeiro romance do gênero; o Parnasianismo também se dividiu entre a metrópole e o interior fluminense em dois de seus maiores expoentes – Olavo Bilac e Alberto de Oliveira; do Leste surgiu Casimiro de Abreu; do Sul, Fagundes Varela; do Norte, Luís Antônio Pimentel; das planícies, José Cândido de Carvalho; das montanhas, Euclydes da Cunha; de Niterói, a nossa antiga e eterna capital, Antonio Callado.

Para percorrer os caminhos dessa fabulosa teia cultural, Luiz Antonio Barros nos oferece a Viagem literária através do Estado do Rio em oito roteiros que cruzam a totalidade das regiões fluminenses. É, seguramente, a mais abrangente e panorâmica antologia focalizando autores coestaduanos, em que estão relacionados mais de uma centena de escritores de quase todos os nossos municípios. Mesmo aqueles que menos granjearam os chamados vultos imortais têm a oferecer um poeta da terra, um prosador nativo que pouco atravessou seus limites ou mesmo um letrista popular. O organizador desta antologia foi buscá-los nos mais distantes rincões do estado para figurar ao lado de escritores consagrados pelo público e de outros que, se não cintilaram com o mesmo brilho destes, certamente contribuíram também para formar, como estrelas de diferentes grandezas, a constelação literária fluminense e brasileira.

A editora Nitpress, dedicada à defesa da identidade regional, à preservação de uma cultura genuinamente fluminense e ao resgate dos grandes vultos da literatura estadual através de diversas iniciativas, como a coleção “Introdução aos clássicos fluminenses”, orgulha-se, agora, em poder oferecer este maravilhoso passeio através dos valores literários de nossa terra, visualizados a partir de seus berços natais. Aos leitores que embarcam conosco nessa autêntica caravana literária fluminense, desejamos uma boa e prazerosa viagem!

Luiz Augusto Erthal
Publisher – Nitpress

Deixe uma resposta