Nitpress no III Salão da Leitura de Niterói


A editora Nitpress participa com destaque do III Salão da Leitura de Niterói, de 22 a 30 de junho, no Caminho Niemeyer, realizando a maior parte dos eventos da programação oficial. Confira a programação e o destaque da editora.
A Nitpress participa do III Salão da Leitura de Niterói com a mesma intensidade de sua produção editorial. Com 13 atividades programadas, entre lançamentos de livros, debates, palestras, saraus e contação de histórias para crianças, é a editora que agendou o maior número de eventos da programação oficial.
A participação da Nitpress começa no sábado, dia 23, com um recital de poesias em homenagem ao centenário Luís Antônio Pimentel, maior expoente do cenário literário de Niterói na atualidade, e com o lançamento de mais um resgate do lendário Café Paris, ícone lítero-boêmio da cidade nos anos 20 do século passado: o livro Na taba de Araribóia, de Nestor Tangerini, que aguardou cerca de oito décadas por sua publicação.
No restante da programação, dezenas de escritores e poetas contribuem para a apresentação de um conjunto eclético de atividades literárias, envolvendo poesia, romance policial, cinema, música, educação, história, autoajuda, política e livros infantis, entre outros temas. O legado da cultura fluminense, principal foco da linha editorial da Nitpress, será a abordagem de uma mesa-redonda promovida pela editora no encerramento do salão, dia 30.
Confira a programação completa da editora:
Sábado, dia 23
14h – Relançamento do livro O amor segundo Luís Antônio Pimentel, com recital de poesias de Luís Antônio Pimentel organizado por Neide Barros Rego. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)
15h – Lançamento do livro Na taba de Araribóia, de Nestor Tangerine, da roda do Café Paris, com organização de Nélson Tangerini. (Sala Noel Rosa)
Domingo, dia 24
14h – Palestra de Sandro Araújo sobre a magia do romance policial, com relançamento dos livros Anjo da noite e Federal – uma história de polícia. (Sala Noel Rosa)
15h – Roda de poesia, com a participação de vários poetas da editora. (Sala Noel Rosa)
Segunda-feira, dia 25
18h – Debate: “Entre a magia do cinema e a força do rock”, com o roteirista Luiz Gustavo Bayão e o pesquisador de música Nélio Rodrigues, seguido de relançamento dos livros Memórias de um rato de locadora e Histórias perdidas do rock brasileiro. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)
Terça-feira, dia 26
14h – Mesa redonda “Conversas de Educador”, com Antônio Puhl e Waldeck Carneiro. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)
Quarta-feira, dia 27
18h – Debate sobre aspectos históricos do desenvolvimento urbano da cidade de Niterói e da ocupação dos sertões fluminenses, com o professor Marcos Vinícius Varella, ex-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Niterói, e o historiador Clélio Erthal. Relançamento dos livros Marechal Deodoro – a rua do Imperador e Cantagalo – da miragem do ouro ao esplendor do café. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)
Quinta-feira, dia 28
18h – Palestra da professora Dionilce Silva de Faria sobre a nova ortografia, com relançamento do seu Vocabulário de palavras hifenizadas e pluralizadas. (Sala Noel Rosa)
Sexta-feira, dia 29
18h – Palestra sobre auto-ajuda com o psicólogo Marcos Calmon, seguida de relançamento do livro A cura através da sua mente. (Sala Noel Rosa)
18h – Edição especial do projeto “Um brinde à poesia” e leitura dramatizada do poema “Ângela e Antônio”, com relançamento dos livros Carmim, de Lucília Dowslley, e Ângela e Antônio, de Maria Helena Latini. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)
Sábado, dia 30
13h – Mesa redonda: “O legado da cultura fluminense”, com pré-lançamento do livro Presença da cultura fluminense, de Horácio Pacheco, com organização de Roberto Kahlmeyer-Mertens, e relançamento do livro Viagem literária através do Estado do Rio, de Luiz Antonio Barros. Participações de Waldenir Bragança, presidente da Academia Fluminense de Letras, e Márcia Pessanha, presidente da Academia Niteroiense de Letras. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)
14h –Debate sobre os 50 anos da Cadeia da Legalidade e as origens do Golpe de 64, com os jornalistas Osvaldo Maneschy e Ápio Gomes. Relançamento do livro Leonel Brizola – a Legalidade e outros pensamentos conclusivos. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)
17 – Lançamento do livro A história de um cambucazinho, com contação de história pela autora, Fabiana Corrêa. (Sala Bartolomeu Campos de Queiroz)

Publicado em Mercado Editorial por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

A valorização da literatura fluminense é o nosso maior compromisso. Seja no resgate dos escritores clássicos, responsáveis por um papel preponderante na formação literária brasileira, seja na divulgação dos autores contemporâneos, a Nitpress apresenta em seus livros a riqueza imortalizada pelos grandes nomes das letras fluminenses.

Deixe uma resposta