A centelha do Trabalhismo

As grandes causas são como a amizade de irmãos, que não se apaga e até mesmo se fortalece com o tempo, mesmo que caminhem distantes.
Há nesse livro, que vamos lançar segunda-feira, na ABI, uma das mais belas imagens de Leonel Brizola, nascida da sabedoria simples e conclusiva que ele extraía da vida comum do brasileiro: a do “pau guarda-fogo” – aquela tora que permanece em brasa, quase adormecida, na fogueira deixada à noite pelo gaúcho no campo. De manhã, basta assoprar para levantar a chama.
Brizola dizia que o Trabalhismo é assim. Por vezes parece até amortecido, mas o processo social se encarrega de reacender no momento certo as verdadeiras causas do povo brasileiro. Felizmente essa e tantas outras imagens certeiras do líder trabalhista, morto em 2004, permanecerão graças ao trabalho desenvolvido por Osvaldo Maneschy, Apio Gomes e os demais organizadores do livro Leonel Brizola – A Legalidade e outros pensamentos conclusivos para preservar e difundir o pensamento brizolista. (…)

Leia mais no blog Toda Palavra, do editor Luiz Augusto Erthal.

Deixe uma resposta