Lançamento: os pensamentos conclusivos de Leonel Brizola


A editora Nitpress lança segunda-feira, dia 23 de janeiro de 2012, o livro Leonel Brizola – a Legalidade e outros pensamentos conclusivos, às 18 horas, no saguão do 9º andar da Associação Brasileira de Imprensa – ABI (Rua Araújo Porto Alegre, 71, Centro, Rio de Janeiro).

Sinopse:
No livro A Legalidade e outros pensamentos conclusivos de Leonel Brizola o herdeiro do trabalhismo dá – na primeira pessoa – a sua opinião sobre diversos temas políticos atuais – através de transcrições de suas falas recolhidas ao longo dos anos pelos organizadores – Osvaldo Maneschy, Apio Gomes, Paulo Becker e Madalena Sapucaia – que somam mais de 300 horas de gravação de palestras, discursos e entrevistas, entre 1991 e 2004.
A primeira parte da obra, publicada pela Editora Nitpress, é totalmente dedicada ao movimento da Legalidade de 1961 liderado por Leonel Brizola a partir do Rio Grande do Sul, que uniu o Brasil e derrotou os golpistas que tentaram impedir a posse de João Goulart – episódio do qual Brizola tirou uma grande lição: os golpes só prevalecem na desinformação.
A Cadeia da Legalidade, a partir da encampação pelo governo gaúcho da Rádio Guaíba, reuniu espontaneamente mais de 100 emissoras de rádio, encurralando os militares golpistas na opinião pública nacional, majoritariamente contra o golpe. Mas do episódio Brizola cultivou grande frustração a ponto de dizer, em 2001, na fase conclusiva de sua vida: “Na Legalidade, perdemos uma chance que a História nos deu de bandeja”.
Brizola queria enfrentar os militares golpistas e fechar o Congresso Nacional convocando, logo em seguida, uma Constituinte. Mas Jango conciliou e veio o golpe de 1964. Um CD acompanha o livro onde uma parte dos fatos relacionados à Legalidade é narrada pelo próprio Brizola.
Já a segunda parte é uma reedição do livro originalmente publicado em 1994 com o título Com a palavra, Leonel Brizola, onde o ex-governador, também na primeira pessoa, fala sobre processo social, Trabalhismo, economia, getulismo, problemas brasileiros, política, mídia, golpe de 64, violência e pobreza, entre outros temas.
O prefácio é assinado pelo jornalista Paulo Henrique Amorim. O livro estará disponível ao público a partir do dia 23 de janeiro nas melhores livrarias ou pela Internet, através da loja online da Editora Nitpress.
A obra é parte de um projeto maior voltado à preservação das palavras e idéias de Brizola que desdobrará em novo livro, em futuro próximo, mais extenso e detalhado – cujo título ainda provisório é Leonel Brizola, outras reflexões.

Publicado em Lançamentos por admin. Marque Link Permanente.

Sobre admin

A valorização da literatura fluminense é o nosso maior compromisso. Seja no resgate dos escritores clássicos, responsáveis por um papel preponderante na formação literária brasileira, seja na divulgação dos autores contemporâneos, a Nitpress apresenta em seus livros a riqueza imortalizada pelos grandes nomes das letras fluminenses.

Deixe uma resposta